Deputado Martins Machado celebra 20 anos do Estatuto da Pessoa Idosa

 


Com o auditório lotado de idosos e apresentação de capoterapia, a Câmara Legislativa por iniciativa do deputado Martins Machado (Republicanos) celebrou na manhã desta quinta-feira (5) sessão solene em homenagem aos vinte anos do Estatuto da Pessoa Idosa (Lei 10.741/2003). 


O autor da homenagem saudou as conquistas do segmento, ao anunciar a criação da primeira delegacia do idoso no DF. Machado, que é presidente da Frente Parlamentar do Idoso da CLDF, disse que as ações do colegiado buscam efetivar as políticas públicas em favor do segmento, que abarca 12% da população do DF. Ele enfatizou a responsabilidade com a causa, tanto dos poderes públicos, quanto da família e do próprio idoso. 



Para o parlamentar a atividade legislativa tem sido intensa e zelosa em benefício da terceira idade “ No começo do ano, tivemos a felicidade de ver aprovada a Lei 7.233/2023, que altera o pictograma, o desenho identificador de prioridade ou exclusividade para pessoas idosas. Substituímos a imagem de pessoa curvada e com bengala pela expressão “60+”. Com isso, contribuímos para a conscientização contra o chamado “etarismo”, o triste preconceito fundamentado na idade”, ressalta Martins Machado. 


Compareceram ao evento o deputado Federal e Coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Idosos da Câmara Federal, Julio Cesar, deputado Federal Ossessio Silva, secretária de Justiça e Cidadania do DF, Marcela Passamani, Juíza e Coordenadora da Central Judicial do Idoso do Tribunal de Justiça, Dra. Monize da Silva, Defensora Pública Dra. Amanda Ribeiro, Delegada da Decrin da Policia Civil do DF, Ana Paula. 


No final da sessão solene, foram entregues cartilhas do idoso aos participantes.

Postar um comentário

0 Comentários